Download PDF

Disponíveis com motor 500 cc as Bullet Trials evocam os sucesso da marca nas décadas de 40 e 50

Royal Enfield apresenta Bullet Trials

As lendas vivem! E a Royal Enfield Bullet é o melhor testemunho disso. A longa viagem da Bullet nos últimos 87 anos, desde 1932, concedeu à Royal Enfield, que fabrica motos desde 1901, o privilégio de ser a marca de motos mais antiga do mundo em produção contínua, sendo a Bullet o modelo de moto com a mais longa trajectória no mundo. Esta viagem da Bullet foi, por sua vez, icónica e lendária, mas talvez a lenda mais importante da sua história seja o legado da Bullet da Enfield nos Campeonatos de Trial. Inspirada por esta herança da Royal Enfield nos International Six Days Trials e, como homenagem ao prolífico mago do Trial, Johnny Brittain, a Royal Enfield lança as suas Bullet Trials 2019.

 

 

As Bullet Trials são apresentadas com travões de disco e ABS

As Bullet Trials 500 cc terão um desenho distintivo e características funcionais, que evocarão o apogeu das competições de Trial nas décadas de 1940 e 50. As novas Bullet Trials incluirão pneus com um novo desenho para aderência em “off-road” e um guiador reforçado com barra transversal. A moto conta também com um silenciador elevado para obter uma maior distância ao solo, para além de estar equipada com um sistema de travões com ABS de duplo canal. As Bullet Trials dispõem de guarda-lamas recortados, um único assento e grelha porta-bagagens. Também estará disponível um conjunto de cinco acessórios específicos para o modelo, desenhados especialmente para as Bullet Trials, que incluem um protetor de cárter para uma maior proteção do motor.

 

As Bullet Trials estarão disponíveis com mais de 30 acessórios para a moto, sendo cinco específicos para estes modelos

Apresentada pela primeira vez em 1932, a Royal Enfield Bullet foi anunciada como uma moto que era “perfeita para viajar e competir”. Pouco depois da sua introdução, a Bullet acumulou vários êxitos nos Seis Dias Internacionais de Trial (ISDT, na sua sigla em inglês) em 1935, sendo a formação da Royal Enfield a única equipa de motociclistas britânicos que não perdeu nem um só ponto. Em 1937, os pilotos da Enfield conquistaram um recorde de 37 troféus em provas, juntamente com as seis medalhas de ouro nos ISDT, com lendas como Charlie Rogers, George Holdsworth e Jack Booker, aos comandos de Bullet de 250 cc, 350 cc e a vitória para o Modelo de Competição Especial de 500 cc. Mas foi na época do pós-guerra que a Royal Enfield se destacou na competição, com a nova Bullet desenhada por Ted Pardoe e Tony Wilson Jones, que integrava a revolucionária suspensão de braço oscilante com amortecedores a óleo pela primeira vez numa moto de produção, alterando o curso da história do desenho de motos para sempre. Com o novo braço oscilante da Bullet, a Royal Enfield deu um passo pouco ortodoxo ao revelá-lo num evento desportivo, inscrevendo três protótipos destas motos na Colmore Cup de 1948. A partir daí, as máquinas foram selecionadas para alinhar com a equipa britânica nos ISDT de 1949, que se disputaram em São Remo, Itália, e as Bullet Trials com braço oscilante converteram-se na espinha dorsal da gama durante os 14 anos seguintes.

As Bullet Trials estarão disponíveis com mais de 30 acessórios para a moto. A Royal Enfield desenhou e desenvolveu cinco acessórios específicos para as Bullet Trials: protecção de motor compacta, grelha do farol, placa com número, protector de cárter e almofada do guiador. As Bullet Trials já podem ser reservadas e estarão disponíveis em Portugal com um pvp estimado de 5.195 €.

Royal Enfield apresenta Bullet Trials