Download PDF

No habitáculo destacam-se o volante em pele e o modo “city”

Para quem precise de uma viatura para utilização empresarial ou actividade profissional, a marca de Torino, voltou a comercializar o “van” do Tipo. Desta vez com cinco portas e recurso ao pequeno 1.3 multijet de 95 cv equipado com S&S. Proposto em duas versões, o Tipo Van tem uma base, à qual se pode adicionar o “pack pro” dotada de faróis de nevoeiro, pintura metalizada, visor de 5”, jantes em liga leve de 16” acelerador automático e volante revestido a pele. Num automóvel com menos de quatro metros e meio de comprimento (4.368 mm) e analisando a mesma cota, perto de ⅓ é ocupado pelo compartimento de carga (1.455 mm) com a capacidade de 425 kg de carga e 1.4 m³ de volumetria. Sob o piso de carga, fomos encontrar um pneu de reserva de menores dimensões, que limita a 80 km/h a velocidade do veículo. Com entrega imediata o Tipo Van conta com uma garantia de quatro anos ou 120.000 km.

preço-base

isv

iva

despesas

pvp

iuc

16.540,00

2.979,00

3.861,37

720,23

20.650,00*

32,42

* inclui 7,80 sgpu + pack “pro”+faróis nevoeiro+pintura metalizada. Campanha.

Entrada

Prazo

Km

Revisões

Docs

Pneus

Seguro

Renda €

0%

48 meses

120.000

sim

sim

sim

sim

405,40**

** acresce o iva (320,53 € + iva sem pneus)

 

As cinco portas melhoram o acesso ao comaprtimento de carga

A configuração cinco portas limita um pouco a acessibilidade aos dois únicos lugares, embora esta silhueta apresente vantagens no acesso ao compartimento de carga e mobilidade em estacionamentos mais exíguos, nos quais as carroçarias de três portas – e portanto mais compridas – limitam o ângulo de abertura. Uma vez no interior demos conta de boas cotas de habitabilidade e alguns espaços para arrumos, menos funcionais se pensarmos nos ‘comerciais’ como o Fiorino ou Doblò. O “dualdrive” já conhecido de outros modelos da marca, concede duas sensibilidades para quem conduz, destacando-se o modo “city” mais leve e eficaz para manobras e circulação urbana. A existência de sensores de estacionamento para a traseira, fez-nos pensar por que razão não existem na frente, para a qual a visibilidade é satisfatória, mesmo consideando a regulação em altura no banco de quem conduz. Com este e outros ajustes é facil encontrar uma boa posição de condução.

 

 

Além do visor central de 5″ o painel de instrumentos concede alguma informação relativa à utilização do veículo e dados relativos à viagem

O revestimento em pele do volante é um dos pontos agradáveis de usufruir neste Tipo Van, ao qual se junta o modo “city”. Mesmo sem carga e com duas pessoas, depressa sentimos que para chegar aos 95 cv é preciso espevitar o 1.3 Diesel e que este, concede alguma vivacidade, acima das 2.000 rpm. A transmissão manual de cinco relações, deixou-nos melhor impressão no escalonamento do que no manuseamento do selector que, em termos práticos, tem pouco mais do que 2.000 rpm para gerir este motor que tem o binário máximo às 1.500 rpm. Por outras palavras e no Tipo Van, este Multijet não concede performances dignas de registo, nem nas acelerações e ainda menos nas reprises. No entanto e depois de descartar o emotivo entusiasmo de pressionar o pedal do lado direito, existem razões que a racionalidade corrobora. Num breve contacto ao volante e num percurso misto (AE+EN+Urbano) obtivémos um consumo de 4,1 litros/100 km à média de 44,0 km/h. Se a estes números associarmos um depósito de 50 litros, facilmente verificamos a vantagem da autonomia.

 

Características técnicas

Fiat Tipo Van 1.3 multijet
motor

4 cil, 1.248 cc, inj dir, Euro 6 D Temp

potência kW(cv)/rpm

70,0 (95,0)/3.750

binário Nm (kgm)/rpm

200,0 (19,6)/1.500

transmissão

dianteira, manual de cinco relações

jantes – pneus

16” – 205/55 R 16

Os dois lugares do Tipo Van