Download PDF

O primeiro híbrido “plug-in” da Opel conjuga muitas tecnologias, desde a segurança à condução e funcionalidade

Disponível apenas na versão melhor equipada Ultimate, este “SUV” não chega aos quatro metros e meio (4.477 mm). É um classe 2, sendo este enquadramento justificado pela tracção às quatro rodas, ou em bom rigor, integral selectiva. Na frente o gasolina tem acoplado um motor eléctrico, enquanto na traseira, existe outro motor eléctrico. Na largura e medido no topo dos retrovisores, passa ligeiramente os dois metros 2.098 mm (1.856 na carroçaria), enquanto a altura chega aos 1.609 mm. Devido à motorização eléctrica posterior e colocação de baterias, este Grandland ronda os 1.800 kg de peso, enquanto a volumetria da bagageira chega aos 390 litros, moduláveis até aos 1.528 litros mediante rebatimento dos assentos traseiros.

 

 

 

Valores em €

preço-base

isv

iva

despesas

pvp

iuc

57.875,00*

137,14

*valor estimativo iva incluído

Financiamento em €

Entrada

Prazo

Km

Revisões

Docs

Pneus

Seguro

Renda €

0%

48 meses

80.000

sim

sim

sim

sim

604,50*

* iva incluído+viatura de substituição e assistência em viagem

 

Mediante quatro modos de condução, este Grandland concede várias utilizações

A acessibilidade é um dos pontos fortes do Grandland X que concede boas cotas de habitabilidade e alguns espaços de arrumos. Para quem conduz, os diversos ajustes concedem uma boa posição de condução, na qual não falta o acerto dos ângulos do assento e apoio de costas. Em termos de visibilidade para o exterior, esta é satisfatória para a frente, boa nas laterais e condicionada pelo pilar ‘C’ de uma volumosa traseira, na qual o óculo é relativamente reduzido. Na condução demos conta da existência de sensores à frente e atrás, enquanto para as manobras de marcha-atrás e com apoio do visor central de 8”, a possibilidade da visualização e a rotação dos espelhos retrovisores, permite estacionar com facilidade e evitar as diversas armadilhas municipais, como os pilaretes, esferas ou passeios terminados em cunha.

Em termos de tecnologia este Grandland evidencia-se na segurança activa, funcionalidade e condução, com esta última a disponibilizar quatro modos de utilização (eléctrico, híbrido, integral selectivo e desportivo. Por outras palavras, estamos em presença de um ‘eléctrico’ limitado a 135 km/h, mas também dispomos de um automóvel com ‘300 cv’- conforme identificam os “outdoors” – que precisa de 6,1 segundos para chegar dos 0-100km/h. Em relação às restantes escolhas, seleccionadas por quem conduz, tanto a tracção como a passagem a híbrido, podem ocorrer em modo automático. A motricidade e a aceleração comandam a tracção integral selectiva, enquanto a autonomia de 59 km (WLTP) obriga a entrar em pleno o 1.6 turbo de injecção directa a gasolina. Mesmo nesta situação e com a bateria descarregada, existe uma função “e-save” que gere/optimiza a regeneração da energia, ainda que a custo de um aumento do consumo de combustível. No entanto, em manobras, é perceptível que mesmo com a autonomia eléctrica a zero, ainda dispomos de algum ‘espaço de manobra’ sem intervenção do motor a gasolina. Em termos práticos e num breve contacto ao volante, obtivémos valores parciais de 4,7 litros/100 km à média de 55,0 km/h. Com utilização mista (AE+EN+Urbano) e contando apenas com a carga inicial na bateria, chegámos aos 6,5 litros/100 km à média de 43 km/h.

 

No tocante à conectividade, em especial para quem se sentar ao volante, destacamos o Navi 5.0 IntelliLink com visor táctil de 8”, os Apple CarPlay e Android Auto, o Opel Connect com e-Call e assistência em estrada, enquanto em termos de segurança activa, evidenciamos sistema de alerta de colisão dianteira iminente com travagem automática de emergência e detecção de peões, alerta de cansaço do condutor, reconhecimento de sinais de trânsito e manutenção de faixa com correção automática, sensores de estacionamento à frente e atrás, fechaduras sem chave “Open&Start”.

 

Gostámos – Gostámos +
– Visibilidade para a traseira

– Redução da volumetria na bagageira

– Comportamento dinâmico/condução

– Equipamento de série/segurança activa

– Economia de combustível/autonomia

– Conforto de rolamento

– Tecnologias e 4 modos de utilização

5 estrelas Euro NCAP em 2017

Características técnicas

Opel Grandland X Hybrid 4 Ultimate
motor

4 cil-16 V, 1.598 cc,turbo inj dir, Euro 6 D temp

potência kW(cv)/rpm

147,0+81,0+83,0 (200,0+110,0+113,0)/6.000

binário Nm (kgm)/rpm

250,0+503,0 (24,5+49,2)/1.650

transmissão

Integral selectiva, automatizada oito relações

jantes – pneus

19” – 205/55 R 19

Opel apresenta primeiro PHEV