Download PDF

Mudança radical no Mustang

Pela primeira vez em 55 anos e seguindo tendências, a Ford reformula o Mustang em duas vertentes: torna o famoso coupé e cabrio em SUV; e introduz a motorização eléctrica. De acordo com os responsáveis da oval azul, o Mustang Mach-E, é um SUV concebido segundo os mesmos ideais de espírito livre que inspiraram o coupé desportivo. Representando liberdade, evolução, rápidas performances e um toque de rebeldia, o Mustang está agora pronto para redefinir essas ideais rumo a um futuro eléctrico.

Aquando do primeiro salão automóvel de Detroit, Henry Ford disse que estava a trabalhar em algo que iria cair como um potente relâmpago, afirmou Bill Ford, Chairman Executivo da Ford Motor Company. Falava, então, do Model T. Hoje, a Ford Motor Company tem o orgulho de desvendar um automóvel que surge, de novo, como um potente relâmpago: o novo e 100% eléctrico Mustang Mach-E. É rápido, é divertido, representa liberdade e destina-se a toda uma nova geração de proprietários Mustang. A Ford deu vida ao Mustang Mach-E através de um processo de desenvolvimento concentrado inteiramente nas necessidades e desejos dos clientes. O resultado traduz-se num SUV elegante e bonito, espirituoso e fácil de conduzir, integrando a mais geração da tecnologia de veículos conectados, que vai tornando o Mustang Mach-E cada vez melhor ao longo do tempo.

O novo Mustang em silhueta SUV chegará ao mercado no final do próximo ano

Quando chegar ao mercado no final de 2020, o Mustang Mach-E estará disponível com opções de bateria standard e com extensor de autonomia, em versões de tracção traseira ou integral, alimentado por motores de ímanes permanentes. Equipado com uma bateria com extensor de autonomia e tracção traseira, o Mustang Mach E terá uma autonomia máxima 100% eléctrica de 600 km, segundo a regulamentação WLTP (Worldwide Harmonized Light Vehicles Test Procedure). Com tracção integral e extensor de autonomia, o Mustang Mach-E deverá alcançar os 337 cv (248 kW) de potência e 565 Nm de binário. A Ford também irá disponibilizar uma versão especial de elevada performance: o Mustang Mach-E GT, que deverá acelerar dos 0 aos 100 km/h em menos de 5 segundos, tendo uma potência estimada de 465 cv (342 kW) e 830 Nm de binário.

Mudança radical no Mustang