Download PDF

Depois da marca de Torino se ter rendido à fórmula de actualizar a silhueta “rétro”, começou a despertar emoções. Para as enfatizar e depois de adicionarem nomes como Prima, Riva e Gucci, as paixões tornam-se arrebatadoras. No entanto, este citadino a rondar os três metros e meio (3.571 mm) traz alguns condicionamentos nas cotas, com a largura inferior aos dois metros (1.893 mm) mesmo contando com os retrovisores, enquanto na altura não chega ao metro e meio (1.488 mm). Na traseira o ‘C’ evidencia um condicionado acesso à bagageira de 185 litros.

Todavia, existe uma faceta mais racional neste 500 C e com actualização tecnológica, mediante solução híbrida, que associa o “Firefly” a um motor eléctrico integrado. Para os que pretendam ter esta motorização estendendo a racionalidade à carroçaria e habitáculo, a marca italiana propõe o Panda. É mais funcional e menos dispendioso.

Valores em €

preço-base

isv

iva

despesas

pvp

iuc

17.257,24

144,58

4.003,50

1.000,00*

22.405,32**

103,12

*iva incluído

** preço estimado com iva

Financiamento em €

Entrada

Prazo

Km

Revisões

Docs

Pneus

Seguro

Renda €

0%

48 meses

100.000

sim

sim

sim

sim

—*

* iva incluído

 

Com bons acessos aos lugares dianteiros, que contrastam com o acesso aos lugares traseiros, o 500 C evidencia uma boa escolha de materiais e um bom nível de finalização, mantendo aquela imagem “rétro” no painel e colocação de alguns comandos. No entanto, um olhar mais atento, identifica a possibilidade de utilizar uma direcção mais leve “city” ou dispor do “Uconnect” através de um visor táctil de 7”. Através dos comandos satélite no volante, podemos aceder a vários menus e sub-menus, enquanto o acelerador automático, colocado atrás do volante, exige manuseamento ‘remoto’ porquanto não se encontra no campo visual de quem se sentar ao volante.

 

No habitáculo existem sete “airbags” dois frontais, dois laterais dianteiros, dois cortina e um ao nível dos joelhos de quem conduz

Ao volante e apesar dos 70 cv disponibilizados através dos três cilindros, a condução deste 500 C está bem mais agradável face a anteriores versões. O manuseamento do selector manual, está mais preciso e a existência da sexta relação, tornam mais agradável a condução, tanto nas acelerações como nas desacelerações, com o sistema híbrido a funcionar em ambas as situações. Nas acelerações, actua como um precioso auxiliar, enquanto nas desacelerações contribui para o efeito de travão-motor, ao mesmo tempo que regenera energia e carrega as baterias. Por outras palavras, o sistema híbrido contribui para uma condução mais progressiva e suave. Num breve contacto ao volante e num percurso misto (AE+EN+Urbano) obtivémos um consumo de 4,8 litros/100 km à média de 57,0 km/h.

 

 

A solução híbrida trouxe maior suavidade no funcionamento da motorização de três cilindros e seis relações

O princípio de utilização tem a ver com o aproveitamento do movimento mecânico do motor a gasolina, cuja base remonta ao legendário bloco “Fire” que ultrapassou os 30 milhões de unidades. Com um veio de ressaltos e variador de fase, duas válvulas por cilindro e três cilindros, este motor dotado de EGR (recirculação dos gases de escape) é apresentado com uma taxa de compressão elevada (12:1) para chegar aos 70 cv/6.000 rpm (51 kW). Através de uma correia, o sistema BSG está acoplado ao motor, permitindo recuperar energia em caso de desaceleração ou travagem. Essa energia vai alimentar uma bateria de lítio de 11Ah, destinada a alimentar um motor de 3,6 kW que reinicia o motor (start/stop) e se torna auxiliar do motor de combustão mas acelerações. Graças a esta tecnologia o motor térmico deixa de funcionar abaixo dos 30 km/h quando seleccionada a opção no painel de instrumentos.  A transmissão  manual passa a seis relações.

 

Gostámos – Gostámos +
– Habitabilidade traseira

– Volumetria e acesso da bagageira

– Comportamento dinâmico

– Consumos de combustível/autonomia

– Facilidade de condução+modo City

– Materiais empregues e finalização

– Eficácia do sistema híbrido

3 estrelas Euro NCAP em 2017

Características técnicas

FIAT 500 C Hybrid
motor

3 cil, 999 cc, Firefly+BSG Euro 6 D temp

potência kW(cv)/rpm

51,0+3,6 (70,0+4,9)/6.000

binário Nm (kgm)/rpm

92,0 (9,2)/3.500

transmissão

dianteira, manual de seis relações

jantes – pneus

16” – 195/45 R 16

FIAT 500 C adere ao híbrido