Download PDF

Com quatro versões a Citroën propõe o e-Jumpy com motorizações eléctricas

No segmento dos ligeiros de mercadorias/passageiros, vulgo ‘comerciais’ a Citroën prepara uma ofensiva que começa com o e-Jumpy a chegar aos concessionários no segundo semestre de 2020, acompanhado por versões 100% eléctricas do Jumper, no final do ano, e do Berlingo Van no próximo ano. Assim, a partir de 2021, a totalidade da gama de comerciais Citroën contará com uma oferta eléctrica em complemento aos motores térmicos (essencialmente Diesel). Com presença sistemática no pódio das vendas no sector, a Citroën conta com um histórico invejável. É impossível esquecer as silhuetas singulares que marcaram a história do automóvel, tais como o 2 CV “fourgonnette”, o Type H que serviu de biblioteca itinerante, o C15, ou o Berlingo. A marca está ciente de que um cliente profissional tem expectativas diferentes, tendo criado, para o efeito, mais de 350 “Business Centers” dedicados nos principais mercados europeus, incluindo Portugal. A filosofia “Inspired by Pro” resultou recentemente no lançamento de um novo conceito de retalho dedicado a profissionais.

 

Para os 100 kW (136 cv) de potências são propostas várias formas de carregamento e gestão da carga

Com base na plataforma EMP2 do Groupe PSA, esta versão eléctrica do Jumpy é proposta em dois níveis de potência de bateria, associadas a dois níveis de autonomia, permitindo que cada empresário escolha o que melhor se adequa ao seu negócio de acordo com a sua utilização e orçamento. De acordo com o WLTP e para as configrações XS, M e XL estas virão equipadas com 18 módulos para 50 kWh e 230 km de autonomia. Para as configurações M e XL estarão disponíveis baterias de 27 elementos para 75 kWh e 330 km de autonomia. A maioria das versões do e-Jumpy está limitada a 1,90 m de altura exterior de forma a garantir o acesso a todos os locais, como estacionamentos subterrâneos, centros comerciais, etc. A carga útil até 1.275 kg representa o valor referência para as necessidades neste segmento. Com a potência de 100 kW (136 cv) / 260 Nm a velocidade máxima é de 130 km/h qualquer que seja o modo utilizado (Eco, Normal, Power). As baterias têm 8 anos de garantia ou 160.000 km e podem ser carregadas a nível doméstico (8A) ou sistemas mais eficazes (16 ou 32 A) como acontece com as “wall box” ou postos dedicados.

Green’up 16A

Wallbox 32A monophase

Wallbox 16A triphase

Supercharge

Electric power

3.6 kW

7.4 kW

11 kW

100 kW

Battery 50 kWh

15:00

07:30

04:45

00:30

Battery 75 kWh

23:00

11:20

07:00

00:45

Citroën prepara VCL eléctricos