Download PDF

Volvo XC 90 D5 AWD Inscription

Em 2002 a sigla XC 90 entrou na gama de automóveis Volvo e, daí para a frente, tudo mudou nos automóveis suecos. Com o actual XC 90 tudo volta a mudar. Os próximos modelos da marca sueca, serão herdeiros da imagem e tecnologias aplicadas no actual topo de gama.

De igual forma como aconteceu com o anterior modelo, o actual XC 90 servirá de inspiração, para a inevitável remodelação da gama de automóveis que, no futuro, serão ainda mais parecidos uns com os outros, e todos estes, serão certamente mais identificados com o actual SUV topo de gama, que neste momento é uma espécie de Estrela Polar da marca sueca. Em termos estruturais, a plataforma do XC 90 é nova e desenhada a pensar em novos padrões de rigidez torsional, além de conceder uma nova arquitectura para a ancoragem das suspensões. A SPA-Scalable Product Architecture é uma das duas novas plataformas, que farão parte dos futuros automóveis Volvo, nos quais encontraremos mais modelos híbridos e eléctricos.

Uma cadeira para recém-nascidos em que o bébé vai voltado para trás e no lugar do passageiro, espaços para arrumos e os estofos em pele perfurada, são algumas das características do novo XC 90

Destas características, resultam a melhoria no conforto de rolamento e das cotas de habitabilidade. Todavia, os sistemas de segurança, continuam a ser a orientação dos automóveis Volvo, que no ano transacto celebraram 50 anos de dedicação à segurança infantil. O primeiro protótipo de cadeira de criança voltada para trás, foi testado num PV 544 em 1964.

O actual XC 90 volta a ser notícia devido à inovadora cadeira de criança, montada no lugar do passageiro, aproveitando o espaço circundante para arrumos. De acordo com a responsável pelo “design” do habitáculo, com este sistema ficam garantidos três benefícios: passa a ser mais fácil colocar e retirar a criança da cadeira, de uma forma confortável e ergonómica; uma cadeira segura e voltada para trás, permite manter contacto visual com quem conduz e passageiro do banco de trás; passa a existir espaço para as ‘bagagens’ de uma criança, sublinhou Tisha Johnson.

O novo XC 90 conquistou cinco estrelas Euro NCAP e com boas pontuações

Noutras abordagens à segurança, o XC 90 conseguiu obter destacados resultados, como conquistar 100% no tocante aos sistemas de segurança autónoma. O “City Safety” é um dos que mais contribui para este resultado, mediante a travagem autónoma em caso de aproximação demasiado rápida ao obstáculo que esteja na frente. O accionamento automático dos travões, funciona tanto de dia como de noite, e perante obstáculos como automóveis, ciclistas, peões ou animais. De acordo com a classificação atribuída pelo Euro NCAP (www.euroncap.com), na categoria dos peões conseguiram chegar aos 72%, enquanto na protecção infantil atingiram os 87%, e no tocante à protecção de adultos, foi atribuído o valor de 97%. De salientar que um dos objectivos da marca sueca, aponta para que se chegue a 2020, com níveis de segurança que garantam que não haverá feridos graves, na sequência dos acidentes rodoviários. E quanto a estrelas, o XC 90 conquistou as cinco.

O interior do XC 90 concede elevado padrões de requinte e até alguma excelência, que se estende a qualquer um dos sete lugares disponíveis, em especial quando encontramos a pele perfurada nos revestimentos.

Os mais envolventes são os da frente, enquanto os três lugares da segunda fila, na qual o central sai um pouco penalizado pela forma, concedem ajustes longitudinais e de inclinação das costas, úteis para quando se utilizam os dois lugares posteriores. O rebatimento dos assentos traseiros é fácil e concede uma modularidade, que varia entre os 1.131 a 1.886 litros de volumetria para bagagens, num piso plano que chega a pouco mais de dois metros de comprimento útil (2.040 mm). Uma relação que consideramos boa, num automóvel que se encontra perto dos cinco metros (4.950 mm). Todos estes números ajudam a identificar um automóvel grande. A ideia fica enfatizada pelo peso deste D5, que varia entre os 2.078 e o os 2.373 kg e pelo peso rebocável com travões 2.700 kg. No entanto, há outro número que também impressiona! O diâmetro de viragem entre-muros é de 12,2 metros (11,8 metros entre-passeios).

Ao volante deste D5 de 225 cv tivémos sensações antagónicas. Por um lado e face ao que foi exposto sobre as dimensões e números deste XC 90, estamos em presença de uma automóvel grande e pesado. No entanto, o motor de 2.0 litros agregado à transmissão Geartronic de oito relações, concede alguma ligeireza a todo o conjunto, além de agradável manobrabilidade, que inclui a facilidade com que se estaciona. Outro número agradável tem a ver com os consumos conseguidos. À média de 56 km/h e nos habituais percursos mistos (AE+EN+Urbano) conseguimos chegar aos 8,7 litros/100 km. Tudo isto num automóvel de 103.391 € dos quais 32% são impostos e taxas. O valor do automóvel são 70.168 € que resultam de 59.953 de preço-base + 10.215 € de opcionais. Numa primeira análise, o valor dos opcionais podem parecer exagerados. No entanto, é agradável conduzir um automóvel com suspensão pneumática, temperatura controlada mediante ar condicionado a actuar em quatro zonas, estofos em pele perfurada, iluminação que faz da noite… um dia luminoso, um equipamento áudio Bower & Wilkens, no qual tem a possibilidade de ouvir música com a sonoridade de uma sala de concertos em Goteborg, e a conectividade garantida pelo Sensus.