Download PDF

trezor_3O Trezor é um coupé eléctrico de 2 lugares que se inscreve na renovação do design lançado em 2010 com o DeZir e incarnado pelo Novo Clio desde 2012. Na Europa, o Trezor representa a maturidade do design Renault que, desde 2014, se tornou no principal motivo de compra de um automóvel da marca. A inovadora carroçaria em carbono, plana e acetinada na parte dianteira, simboliza o carácter dinâmico do automóvel. Atrás, as faces hexagonais denunciam o temperamento desportivo e tecnológico. A silhueta exibe os atributos clássicos dos GT. Do lado do condutor, a tampa do depósito de combustível foi substituída por um indicador analógico que indica o nível de carga do automóvel.

 

trezor_2O painel de bordo é fruto da parceira com a empresa francesa Keim-cycles, reconhecida pela conceção de quadros de bicicletas em madeira feitos por medida e que oferecem um elevado nível de desempenho. De acordo com um processo desenvolvido pela Keim-cycles, finas tiras de freixo são sobrepostas e orientadas segundo um esquema preciso para formar o painel de bordo. O conjunto oferece uma resistência comparável à dos materiais compósitos modernos e valoriza as qualidades estruturais da madeira: leve, resistente, orgânica e acolhedora. O volante, com forma retangular, não interfere com o campo de visão e exibe um design inspirado no mundo da Fórmula 1. O painel está equipado com três visores: o central com o logótipo, e dois tácteis de cada lado. O motor do Trezor deriva do motor utilizado pela Renault e.dams, a equipa bicampeã do mundo na Fórmula E. Com uma potência de 260 kW (350 cv) e um binário de 380 Nm, permite acelerar dos 0 aos 100 km/h em menos de 4 segundos.

 

trezor_1