Download PDF

HILUX_Exterior_31_DPL__midApesar dos tempos difíceis a que as “pick-up” estão sujeitas, num primeiro contacto com a nova Hilux, constatámos algumas diferenças face ao anterior modelo. Os “led” e as jantes de 18” facilitam a identificação no exterior, enquanto no interior, os estofos em pele e o visor de 7” ajudam a diferenciar a Tracker S que conduzimos.

Historical_1_EN__mid

A oitava geração da Hilux declina em versões 4×2 e 4×4 com três tipo de cabina

Ao volante, começámos pela E.N e depois de retirar pressão aos pneus, fomos testar a eficiência fora-de-estrada, tanto em estradões como na areia. De volta ao asfalto e antes de entrar na A.E, contribuímos com 0,10 € para a manutenção do Estuário do Sado. A estória conta-se em poucas linhas e não deixa de ser caricata. No sentido Setúbal-Tróia, foi cobrado o percurso do “ferry” através de um cartão viva-viagem. No regresso e por que além do condutor, estava um passageiro na Hilux, foi necessário comprar outro cartão para efectuar o trajecto Tróia-Setúbal. O custo do cartão foram 0,50 € dos quais 20% revertem a favor do Estuário do Sado. Contas feitas e sem ver os roazes-corvineiros, destrocámos 33,45 € só nas travessias. Nos restantes percursos, destrocámos a nota… sempre na pauta da classe 2.

 

Preço-base

ISV

IVA

Despesas

Chave na mão

IUC

750,00

40.500,00

52,00

HIL2004h_CI_16Uma frente mais afilada e estilizada em torno dos grupos ópticos, para um veículo que ultrapassa os cinco metros (5.330 mm) de comprimento total, um chassis comum a todas as versões e com as mesmas distâncias entre-eixos (3.085 mm) e valores de peso rebocável muito próximos dos pesos brutos, são números que caracterizam as novas Hilux. No entanto, as projecções dianteira e traseira ultrapassam as cotas de um metro, o que significa que o diâmetro de viragem entre-muros, é superior aos 12,8 metros preconizados para o mesmo valor entre-passeios. Nas silhuetas das cabinas, estas são as já conhecidas: a cabina-simples, a extra e a cabina-dupla. Face a estas diferenças, também variam os valores de carga útil (975 1.160 kg) num modelo apresentado com suspensões independentes na frente, e eixo rígido atrás. Este último é responsável pela HIL3012_15dureza das suspensões posteriores, sendo que estas são assim configuradas para permitir as variações de carga útil. Aliás, o construtor preconiza o aumento da pressão nos pneus traseiros (de 2,0 para 2,5 bar) em caso de transporte de carga. Para mitigar esta característica na taragem das suspensões traseiras, a outra solução é lastrar a caixa de carga. Todavia, não esquecer que esta caixa de carga, pertence a um veículo de mercadorias, que já ‘carrega’ algumas aberrações legislativas.

 

 

HILUX_Exterior_07_DPL__midAo volante e para quem se esqueça da característica da suspensão traseira, em especial quando o veículo não se encontra lastrado ou com carga, a passagem pelo primeiro buraco, lomba ou banda sonora, activa o módulo da memória. No entanto, além da boa qualidade dos materiais empregues e finalização dos interiores, gostámos do nível de requinte que se consegue obter ao volante. O motor de 150 cv está bem filtrado, e melhor ao nível das vibrações do que em termos de insonorização. Em asfalto, demos conta de um bom escalonamento da transmissão manual de seis relações, e do bom manuseamento do selector. Os comandos estão bem posicionados, mas no tocante a algumas funções, estas podiam ser mais intuitivas. CabExtraNa experiência fora-de-estrada, apreciámos a facilidade com que se passa de 4×2 a 4×4 (e desta para 4x4L), todas estas ao alcance de um botão rotativo com três posições. Na Tracker S existe o bloqueio ao diferencial traseiro, que nos deixou a impressão de ser muito útil nas perdas de motricidade. Uma nota final para os arrumos, algo condicionados, como aliás acontece na generalidade das “pick-up”.

Gostámos – Gostámos +
– Espaços para arrumos

– Dureza da suspensão traseira em vazio

– Facilidade/refinamento na condução

– Disponibilidade de potência/binário

– Transmissões bem escalonadas

– Eficiência da climatização

– Sistemas de segurança activa

Ficha técnica

Toyota Hilux 2.4 D- 4D Tracker S
motor Euro 6 Common rail + 16 V + DOHC
potência kW(cv)/rpm (150)/
binário Nm(kgm)/rpm 400 (39,2)/1.600-2.000
transmissão Manual de seis relações
jantes/pneus 18”