Download PDF

Toyota Avensis Touring Sports 1.6 D-4D 

2015_Toyota_Avensis12É preciso um olhar atento para avaliar as diferenças entre um Auris e um Avensis, mais comprido face ao anterior modelo (40 mm). Através das jantes de 17 ou 18” e cotas, será a forma mais fácil, ainda que as proporcionalidades das formas, contribuam para dificultar a avaliação. É necessário abrir as portas do Avensis, para começar a identificar mais espaço e melhor habitabilidade, tanto na dianteira como na traseira. Nas alterações ‘invisíveis’ estão a redução de 11 g/km no CO² do renovado 1.6 D-4D Euro 6, e o Toyota Safety Sense, de série em todas as versões Avensis, no total de quatro comercializadas entre nós (Comfort, Exclusive, Luxury e Premium). Em termos de segurança activa, o TSS inclui a comutação automática das luzes máximos-médios, assistência na sinalização rodoviária, aviso de saída da faixa de rodagem e aviso de eminente colisão (activo entre os 10 a 80 km/h). Na versão Luxury que conduzimos, destacamos o Toyota Touch 2 que inclui Bluetooth, visor de 8” com auxiliar de estacionamento na MA, informação do veículo e viagem. Sem incluir as despesas administrativas e outros impostos, o p.v.p desta versão é de 36.220 €.

Aos comandos

Avensis_TS_10As primeiras impressões do Avensis, reflectem a qualidade dos materiais empregues e o apuro na finalização. Devido aos diversos ajustes, a posição de condução, sendo a visibilidade um pouco mais condicionada para a frente, devido à dimensão e forma do conjunto dianteiro. Os pilares ‘C’ e óculo traseiro também restringem os ângulos de visibilidade, mas a existência da ‘visão’ para a traseira, contribui para uma boa visibilidade, mesmo quando a carrinha fica estacionada em espinha e ao lado de um furgão. Bem insonorizado e filtrado em termos de vibrações, o motor deu sinais de uma boa gama de rotações e utilização dos 82 kW (112 cv) às 4.000 rpm. Todavia, a transmissão deixou-nos a impressão de ser muito longa, tanto as seis relações do sistema manual, como a relação final. É evidente que esta característica beneficia os consumos. Em pouco mais de 500 km e em circuito urbano, estrada e auto-estrada, chegámos aos 6,4 l/100 km à média de 64 km/h. Contudo, abaixo das 2.500~3.000 rpm a motorização torna-se algo amorfa e sem genica, tanto nas acelerações como nas reprises.

 

Avensis_31Com uma boa volumetria na bagageira e boa modularidade, alcançada mediante o fácil rebatimento dos assentos traseiros, a carrinha Avensis deixou-nos a impressão de ser mais vocacionada para a estrada do que para o trânsito citadino, no qual também concede um bom desempenho. É fácil de manobrar e de conduzir, e apenas as reprises e acelerações, retiram a esta Toyota Touring Sports, melhor desempenho urbano.

 

 

 

Gostámos – Gostámos +
– Relações de transmissão- Manuseamento da chapeleira/rede – Equipamento de série/segurança activa- Conforto de rolamento

– Espaço e habitabilidade

– Bagageira e modularidade

– Materiais empregues/finalização