Download PDF

   As novas Protos para 2017, evidenciam 60 anos de historial e desenvolvimento tecnológico das bicicletas De Rosa. De acordo com Cristiano De Rosa: volvidos dois anos de R&D (Pesquisa & Desenvolvimento) conseguimos manter a rigidez estrutural do quadro, optimizando o peso em 20%. Mediante a conjugação de quatro tipos de fibra de carbono – criou-se o código CM63 – ao qual correspondem a firmeza e diminuição de peso, apreciadas por ciclistas profissionais ou atletas amadores, ou por outras palavras, por todos os apaixonados pelo ciclismo. A eles não passarão despercebidas as SK Pininfarina ou King XS, e as rodas e pedaleiros Campagnolo, estes últimos com comandos mecânicos ou electrónicos. Numa abordagem mais exclusivista e seguindo a tradição das séries especiais, as Protos poderão ser vistas com as cores da De Rosa Nippo Fantini, equipadas com o Campagnolo Super Record EPS V3, FSA e Selle Italia. A liderar a equipa estará Damiano Cunego.