Download PDF
jlrparispressconference025

O Discovery capta mais atenções dentro de portas do que pela imagem exterior

No exterior o novo Discovery chega perto dos cinco metros (4.970 mm), e face ao anterior modelo, é apresentado com uma carroçaria mais estreita e mais baixa. As vias dianteira e traseira estão mais afastadas (38 mm) enquanto a arquitectura da suspensão traseira, é menos intrusiva e permite ganhar espaço no habitáculo. Dentro de portas, pode haver assentos com massagem e climatização (quente e frio), podemos ajustar longitudinalmente os assentos do meio até aos 160 mm, enquanto a existência da terceira fila de assentos, concede aos sexto e sétimo lugares, o percentil 95% o que significa espaço para dois adultos até 1,90 de altura. No exterior, o Discovery pode ser classe 2, mas a existência de via verde, transforma este jipe em classe 1.

Preço-base

ISV

IVA

Despesas

Chave na mão

IUC

NC

8.314,00

12.423,00

530,00

66.434,00

252,47

lrnewdiscofirstimagereleaselineage06091602-resize-1024x767

Mediante utilização do alumínio nesta 5ª geração, ganharam-se 480 kg

Com base na motorização 2.0 td4 o Discovery declina em quatro níveis de equipamento, duas escolhas de tracção (4×2 ou 4×4) e dois níveis de potência (150 ou 180 cv). Em termos de preços, estes começam nos 43.000 € do 4×2 Pure, e chegam aos 66.434 € da versão que conduzimos. E mesmo esta HSE Luxury, chega a estes valores mediante aplicação de alguns opcionais como as jantes de 20” (844 €) visor de 10,2” (1.424 €) terceira fila de assentos (2.426 €) transmissão automática de nove relações (2.475 €) sistema de som+cd Meridian de 10 altifalantes (1.476 €) e tecto panorâmico (633 €). Algumas tomadas de corrente, portas USB, visor para manobras de marcha-atrás, acelerador automático, faróis xenon+leds, entre outros, fazem parte do equipamento de série. Outra das vertentes tecnológicas desta 5ª geração, tem a ver com a adopção do alumínio, e o consequente ganho de 480 kg no peso total.

rn198461-resize-1024x684

A multiplicidade de acertos, funcionalidades e personalizações tornam apelativo o habitáculo do Discovery

No habitáculo, esta 5ª geração do Discover continua a ter os assentos em ‘escada’ ou seja a fila central está um pouco mais elevada face ao da frente, enquanto os lugares traseiros também se encontram a outro nível. Noutros números mas referindo algumas cotas importantes, a volumetria vai dos 1.231 aos 2.500 litros consoante ajuste/rebatimento dos assentos, a distância mínima ao solo aumentou para 283 mm, enquanto a passagem a vau subiu para os 900 mm. Se conjugarmos estas características com o “multi-mode terrain response 2” que ajusta a resposta do acelerador e capacidades de aceleração e reprise do td4, percebemos de imediato a flexibilidade de utilização. No tocante à eficácia, o “All Terrain Progress Control” liberta quem conduz da necessidade de adequar o Discovery às condições do terreno, tanto no acidentado como no sinuoso. Mediante estes sistemas, quem se sentar ao volante, fará apenas isso: conduzir e desfrutar.

lrdstrainpull160616bts06-resize-1024x683

Este Discovery HSE Luxury 4×4 disponibiliza módulos de funcionamento para as mais diversas condições de piso e motricidade, adaptando-se facilmente ao perfil e características dos percursos

Como acontece com todos os SUV o acesso ao interior do Discovery é muito fácil. Uma vez no interior, rapidamente encontramos uma boa posição de condução, ainda que os diversos ângulos de visibilidade para o exterior, sejam penalizados pela frente alta e afilada, dimensões dos pilares ‘A’ e ‘C’ e dimensões do óculo traseiro. Depois de habituados às dimensões do Discovery, tarefa facilitada pela existência de sensores de estacionamento, deparamos com um visor táctil que nos deixou a impressão de ser pouco intuitivo na procura dos sub-menus e múltiplas funcionalidades. No tocante à utilização do td4 gostámos da disponibilidade do motor em todos os regimes (baixos, médios e altos) ainda que estejamos em presença de um motor que faz 4.000 rpm para chegar ao valor máximo de potência. É um facto que a transmissão de nove relações e a tracção integral, também contribuem para esta agradabilidade e suavidade de funcionamento. Num breve contacto ao volante e num percurso misto (Urbano, EN e AE) chegámos aos 7,5 litros/100 km a uma média 42,0 km/h.

Gostámos –

Gostámos +

– ângulos de visibilidade para o exterior

– colocação das patilhas atrás do volante

– Múltiplas utilizações da transmissão 4×4

– Habitabilidade e modularidade interior

– Disponibilidade do td4 de 180 cv

– Requinte dos equipamentos (série+opcionais)

– Conforto de rolamento

Ficha técnica

Land Rover Discovery Sport td4 HSE Luxury

motor

td4 2.0 common rail + turbo VNT

potência kW(cv)/rpm

132,4 (180)/4.000

binário Nm(kgm)/rpm

430 (42,1)/

transmissão

4×4 permanente + automática de oito relações

Jantes – pneus

20” – 245/45 R 20