Download PDF

A Volvo Cars volta a surpreender, inovar e abanar os alicerces de uma das mais tradicionais indústrias do mundo apresentando-se no salão automóvel de Los Angeles sem nenhum automóvel no seu “stand”. Desde a origem dos salões, há décadas, que o automóvel tem estado no centro das atenções, em palcos rotativos, rodeado de beldades esculturais ou coberto com capas à espera do momento da revelação. O mundo está a mudar rapidamente, a indústria e os automóveis também, mas sobretudo estão a mudar as expectativas, os sonhos e as vivências das pessoas que os utilizam. No Automobility LA, a Volvo Cars procura reflectir essas mudanças, fazendo diferente. Ao invés de novos modelos, a marca sueca irá exibir a visão e a forma como perspectiva o automóvel, no presente e num futuro próximo.

A forma como, hoje em dia os clientes percepcionam uma marca automóvel é mais importante que os cromados, os estofos em pele, ou a potência dos motores. Assim, no espaço da Volvo, os visitantes irão encontrar no espaço central, onde por tradição se encontra um novo modelo, uma frase simples que diz: Isto não é um Automóvel.

De acordo com o responsável pela estratégia de produto: ao chamar à edição deste ano Automobility LA, a organização reconhece a disrupção por que passa actualmente a nossa indústria. Queremos demonstrar que percebemos a mensagem e iniciar um diálogo sobre o futuro da mobilidade automóvel. Assim, em vez de trazermos um “concept car”, iremos falar do conceito do automóvel. Sabemos que, este ano, não iremos vencer o prémio de melhor carro do salão, mas estamos confortáveis com isso uma vez que este já não é um salão de automóveis, adiantou Mårten Levenstam da Volvo Cars.

O que acontece então no stand da Volvo? Nada? De todo…

Para justificar esta aposta, o stand da Volvo Cars será altamente interactivo e tecnológico com uma série de demonstrações: dos seus serviços conectados, como “in-car delivery e o car sharing”; da sua visão e desenvolvimentos para a condução autónoma; do protótipo do automóvel do futuro, o “concept Volvo 360c”; do serviço de subscrição “Care by Volvo”. Mais do que ver automóveis, os visitantes ficarão a conhecer a filosofia, os projectos presentes e futuros da marca. Será uma “experiencia nova e não mais do mesmo. Prevê-se que, a meio da próxima década, metade do volume anual de vendas automóveis seja completamente eléctrico e um terço seja autónomo, neste contexto a Volvo Cars pretende estabelecer uma relação directa com mais de 5 milhões de clientes.