Download PDF

Mais leve e espaçosa esta segunda geração evoluiu na dinâmica

Em antecipação às normas futuras, a Opel propõe um Diesel 1.6 de 146 cv que, nesta ocasião, fomos descobrir aos comandos de um Insignia Grand Sport, equipado com transmissão manual de seis relações. São quase cinco metros de automóvel (4.897 mm) com uma bagageira de 490 litros, extensíveis a 1.450 litros mediante rebatimento assimétrico dos assentos traseiros. No tocante à altura, estamos a falar de um automóvel com menos de metro e meio (1.455 mm) e acentuada inclinação nos pilares ‘A’ e ‘C’. Face a esta silhueta, por um lado o Insignia acompanha a modernidade das linhas afiladas, que vão ao encontro das exigências da aerodinâmica e de segurança passiva. Aliás, em relação a esta última, este Opel vem equipado com um capot activo e em alumínio, garantindo deste modo, melhor protecção aos peões.

Face a estas cotas, o Insignia é mais um daqueles automóveis em que as cotas no habitáculo, proporcionam melhor habitabilidade do que acessos. Em relação a estes últimos, a vantagem recai sobre os lugares traseiros, e o mesmo acontece no espaço para pernas, ombros e cabeça.

preço-base

isv

iva

despesas

pvp

iuc

37.750,00

145,05

 

Nos lugares da frente, estes são envolventes e para quem se sentar ao volante, existe uma profusão de comandos, que traduz a riqueza de equipamento da versão “innovation”. É verdade que alguns dos comandos não terão a melhor das ergonomias, nem serão dos mais intuitivos. Todavia, uma breve incursão no manual de instruções e, em poucos minutos, o Insignia está configurado para os nossos desejos. Isto significa que se pode seleccionar/visualizar no pára-brisas, a orientação, o regime do motor, a estação de rádio e a velocidade, enquanto outros sistemas de segurança activa se encontram à disposição. A travagem com ABS+EBD é um destes, e o ESP Plus com assistência no arranque em subidas, merecem o nosso destaque devido à integração e por contribuirem para a facilidade de utilização deste Insignia, que conta com o “hotspot” Opel OnStar. No visor de 8” encontramos uma série de informações, e podemos visualizar as manobras de marcha-atrás, sendo esta função bastante útil devido aos acentuados ângulos de visibilidade, tanto para frente como para trás. Na versão que conduzimos e por 2.000 €, pudémos dispor de revestimentos a couro nos assentos (aquecimento nos da frente), projecção de informações do pára-brisas, ajuda ao estacionamento “park&go” e reconhecimento dos sinais de trânsito incluíndo limites de velocidade. Para quem quiser a roda de reserva, esta tem um custo de 100 € e no tocante à manutenção programada, esta é a cada dois anos ou 60.000 km com inspecções anuais ou a cada 30.000 km. O custo aproximado da primeira inspecção intermédia é de 150 €+IVA, enquanto sem limite de quilómetros, as garantias geral e pintura são de dois anos, sendo 12 anos para corrosão.

 

O Grans Sport é um estradista nato com um comportamento muito equilibrado

Aos comandos, demos conta de que tanto as vibrações como a insonorização, estão bem filtradas para o habitáculo. Os lugares dianteiros concedem bom apoio e conforto, enquanto os traseiros concedem além disso, um imenso espaço e excelentes cotas de habitabilidade. O painel de instrumentos concede dois tipos de leitura: Sport ou Touring. Com efeito, podemos utilizar o automóvel destas duas formas. Podemos orientar a nossa condução para o conforto de rolamento e economia de combustível, ou podemos ser mais exigentes com a dinâmica e 136 cv deste 1.6 dotado de tecnologias, que garantem o enquadramento anti-poluição muito para além do exigido. Progressivo nas acelerações reprises, o Insignia concede um comportamento dinâmico muito equilibrado, com as suspensões e travões a desempenharem muito bem as funções a que se destinam. Num breve contacto ao volante e à média de 52,0 km, obtivémos um consumo de 4,9 litros/100 km utilizando o percurso misto (AE+EN+Urbano). Em trânsito urbano, as linhas angulosas desta segunda geração do Insignia, limitam os ângulos de visibilidade, situação mitigada pelos sensores de estacionamento e visualização das manobras de marcha-atrás. No entanto, mesmo nestas condições, demos conta de que é um automóvel fácil de conduzir, embora a plenitude da utilização do automóvel e sistemas se encontre em estrada.

 

Entre nós, o Insignia declina em quatro versões de equipamento, motores a gasolina e gasóleo e três silhuetas de carroçaria (Grans Sport, Sports Tourer e Country Tourer). No entanto, destacamos o “Business Edition” de 110 cv configurado a pensar nas empresas. Com um p.v.p de 31.850 € este Grand Sport 1.6 TD de 110 cv, tem uma renda de 475 € calculada a 36 meses/90.000 km que inclui manutenção, pneus, seguro, iuc, linha de apoio e assistência em viagem.

Gostámos –Gostámos +
– ângulos de visibilidade para o exterior

– alguns comandos/funções pouco intutivas

– Comportamento dinâmico

– Conforto de rolamento

– Equipamento de série e segurança activa

– Arrumos e modularidade interior

– Performances e economia de combustível

Características técnicas

Opel Insignia Grand Sport 1.6 Turbo D Innovation
motor4 cil, 1.598 Euro 6, conduta comum, Turbo, SCR+Adblue, FP
potência kW(cv)/rpm100 (136)/3.500~4.000
binário Nm (kgm)/rpm320 (31,4)/2.000~2.250
transmissãoDianteira, manual de seis relações
jantes – pneus17” – 225/55 R 17