Download PDF

Enquadrado como classe 1 e com sete anos de garantia, o Proace City tem vocação urbana. O motor de 102 cv não apresenta brilhantismos nas performances, mas concede consumos reduzidos e boa autonomia

Com base no Proace a marca relança o furgão de passageiros/mercadorias com a designação City. No momento em que todos revelam a sua resiliência para não parar devido à pandemia, são vários os negócios que estão a assegurar entregas diárias de serviços e produtos imprescindíveis para a vida dos portugueses e para a economia. Mais do que nunca, o tecido empresarial português, necessita de soluções de mobilidade fiáveis e versáteis. É neste contexto que a marca japonesa comercializa o Proace City, por um preço que começa nos 21.190 €.
A marcar propõe soluções competitivas de financiamento e “renting” para o modelo L1 1.5 D Comfort 102 cv. Desta feita, ao nível de crédito, a financeira da marca – Toyota Financial Services, propõe 149,00 €/mês, com uma entrada de 5.332,34 €, para um prazo de 96 meses, num montante financiado de 12.275,82€. Por outro lado a Toyota Renting Plus propõe uma mensalidade de 230 €+IVA por mês, com tudo incluído, num prazo de 48 meses com um limite máximo de 80.000 km.

 

Financiamento “renting”

Entrada

Prazo

Km

Revisões

Docs

Pneus

Seguro

Renda €

0%

48 meses

120.000

sim

sim

não

sim

295,78*

*iva incluído + seguro

Entrada

Prazo

Km

Revisões

Docs

Pneus

Seguro

Renda €

0%

48 meses

120.000

sim

sim

não

não

242,06*

*iva incluído sem seguro

 

Com uma versão de mercadorias e outra de passageiros, 2 tipos de carroçaria, 3 tipos de lotação e várias combinações de motorização/potência, na verdade, trata-se de um lançamento de uma nova gama de robustos furgões compactos, sempre classe 1 de portagem, que irão reforçar a oferta de veículos ‘comerciais’ ligeiros da Toyota em Portugal e complementar o Proace já com provas dadas no mercado, a lendária pick-up Hilux e o Yaris Ecobizz. Alicerçado no novo conceito “Toyota Professional”, este é um modelo que fortalece a posição da marca num segmento que representa 58% do mercado de ‘comerciais’ e mantém o potencial de crescimento.

Novo Toyota Proace City