Download PDF

Novas cores, visor de 8″, refinamentos na condução e suspensões e melhores preços são alguns dos argumentos do renovado CX-5 a gasolina.

O motor passou de 150 para 165 cv com uma particularidade ou duas, essencialmente perceptíveis em percursos urbanos. No comprimento total e com pouco mais de quatro metros e meio (4.550 mm), a segunda geração do CX-5 exige refinada análise, para descobrir as diferenças face ao modelo anterior. Na frente, além das formas mais afiladas, é natural que as atenções se centrem nos grupos ópticos, daí que seja menos perceptível o reposicionamento do pilar “A” que recuou 35 mm, permitindo ganhos evidentes na visibilidade para o exterior, em especial para quem se sentar ao volante. Com fácil acesso ao interior, o CX-5 evidencia boas gestões de espaço, tanto nos arrumos como nas cotas de habitabilidade. Nas versões com tecto de abrir, todas as cotas estão acima do metro, quer no espaço para as pernas, anca, ombros e cabeça. Nesta última, só o espaço para a cabeça é inferior à unidade métrica (991 mm), nas versões sem tecto de abrir. Na bagageira e mediante rebatimento dos assentos traseiros, a volumetria passa de 494 a 1.365 litros, desde que se aproveite o espaço sob o piso. Por fim mas não menos importante, este é o primeiro Mazda com comando eléctrico para abrir ou fechar a 5ª porta e o SUV da Mazda a captar a atenção do “Womens´s World Car of the Year”, quando venceu o prémio de modelo familiar. No tocante a preços, estes reflectem as diversas versões, sendo possível uma diferença de quase 30.000 €, entre os 2.0 4×2 a gasolina Evolve com transmissão manual, e o Diesel AWD Special Edition Navi com transmissão automática, estofos em cabedal e navegação.

preço-base

isv

iva

despesas

pvp

iuc

39,213,18

258,78

 

Mediante carga no acelerador o motor trabalha em pleno ou apenas com o 2º e 3º cilindro, reduzindo os consumos e emissões. Devido ao elevado nível de equipamento, estão disponíveis apenas dois conjuntos de opcionais.

Com uma frente imponente e pouco mais de metro e meio de altura (1.675 mm com jante 17” e 1.680 mm com jante 19”), o CX-5 concede bons acessos ao habitáculo e bagageira. No habitáculo, destacamos as cotas de espaço ao nível da cabeça, ombros e pernas, enquanto na bagageira se evidencia a modularidade já mencionada.

Em termos de motorizações o novo gasolina 2.0 torna o CX-5 mais interessante, tanto nas performances, consumos e preço final. A característica de poder utilizar dois dos quatro cilindros, concede menos ruído, menos vibrações e consumos mais aliciantes. No reverso da medalha está a redução de binário, até que o motor chegue às 2.000 rpm. Dentro do programa “skyactive” existem vários sistemas que contribuem para um elevado nível da segurança activa, melhorando os parâmetros de assistência à condução, algo em que as últimas avaliações do Euro NCAP eram menos favoráveis. Todavia, na protecção dos ocupantes e crianças o CX-5 (em 2017) já atingia os 95 e 80% respectivamente.

 

Num breve contacto neste classe 1 obtivémos 7,2 l/100 km

Ao volante e para um automóvel com estas dimensões e peso, todos estes sistemas contribuem para um agradável refinamento na condução, diminuindo de forma drástica o adornamento da carroçaria deste SUV, enquadrado como classe 1. A transmissão manual de seis relações, deixa-nos sempre a pensar como seria com a automatizada com o mesmo número de relações, mas enfim gostámos do escalonamento e da precisão do selector. Num habitáculo silencioso e bem filtrado, tanto em termos de motorização como de vibrações, o CX-5 deixou boa impressão no que diz respeito aos materiais empregues e respectiva finalização.

 

Gostámos – Gostámos +
– Ângulo de acesso para quem conduz – Equipamento de série e segurança activa

– Conforto de rolamento

– Comportamento dinâmico

– Habitabilidade e modularidade interior

– Economia de combustível

Características técnicas

Mazda CX5 2.0 G 165 cv 2WD

motor

4 cil,* 1.998 cc, skyactiv Euro 6 D

potência kW(cv)/rpm

121,0 (165,0)/6.000

binário Nm (kgm)/rpm

213,0 (20,8)/4.000

transmissão

dianteira, manual de seis relações

jantes – pneus

19” – 225/55 R 19

* desactiva cilindros 1 e 4 em função da carga do acelerador

Mazda CX-5 mais cv e menos cilindros