Download PDF

Guarda Nacional Republicana (GNR), Polícia de Segurança Pública (PSP) e Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), forças de segurança tuteladas pelo Ministério da Administração Interna, vão usufruir de novas viaturas no decorrer dos próximos três anos, no âmbito de um programa de renovação de frotas que já se iniciou e que se irá estender até 2021, inclusive. As marcas Fiat e Fiat Professional, do Grupo FCA, foram escolhidas para fornecer um total de 224 veículos, que irão ser postos ao serviço destas forças da ordem. O confortável, espaçoso e económico Fiat Tipo 5 Portas a dominar naturalmente os reforços (211 unidades), por ser o modelo que melhor se adequa às tarefas visadas, mas também a escolha da Ducato confirma o potencial para se adequar a inúmeras necessidades, como a transformação para o transporte de canídeos e Posto Móvel.

 

Na passada segunda-feira, arrancou o fornecimento de veículos à GNR, destinados às componentes de trânsito, controlo territorial e investigação criminal. Junto do Posto Territorial da Costa da Caparica, em cerimónia presidida pelo Ministro da Administração Interna, Dr. Eduardo Cabrita, foram entregues as primeiras unidades de um total de 19 Fiat Tipo 1.6 Easy, para investigação criminal e 5 Fiat Ducato para Posto Móvel. Terça-feira foi a vez de a PSP receber as suas viaturas, nas instalações localizadas na Penha de França-Lisboa, num evento novamente presidido pelo ministro da tutela. Até 2021, esta força de segurança verá a sua frota rejuvenescida com 130 Fiat Tipo 1.6 Easy, a bordo dos quais os agentes se dedicarão sobretudo à fiscalização do trânsito. Enquanto isso, o transporte de canídeos será assegurado por 8 Fiat Ducato. O SEF terá também no Fiat Tipo um novo aliado na investigação criminal, passando esta força especializada na vigilância de fronteiras, controlo de estrangeiros e fiscalização dos movimentos migratórios, a contar com 62 novas viaturas até 2021.