Download PDF

Na próxima Primavera, o CR-V de tracção integral estará equipado com um motor 1.6 i-DTEC de quatro cilindros, mais potente e com nova transmissão automática de nove relações. A nova unidade Diesel pertencente à série Earth Dreams Technology da Honda, e concede maiores potência e binário face ao antecessor, aumentando para 160 CV e 350 N·m, respectivamente.
Esta motorização pode vir acoplada a duas transmissões: a unidade manual de seis relações com emissões líderes de classe inferiores a 130 g/km de CO2 ou,explorando ao máximo as mais recentes tecnologias de eficiência deste motor, a nova transmissão automática de nove relações. Nesta última disposição, o CR-V exibe emissões de CO2 inferiores a 135 g/km, o que representa uma redução muito significativa, na ordem dos 20%, em comparação com a anterior transmissão.
O CR-V de duas rodas motrizes e transmissão manual, vai dar continuidade ao modelo actual,equipado com o Diesel 1.6 i-DTEC de 120 CV, agora com emissões reduzidas de 115 g/km. A versão 2.0-litros i-VTEC a gasolina continuará disponível, com 155 CV de potência e, agora, conforme a norma Euro 6.