Download PDF

Com entregas para 2020 o Corsa-e já está disponível para encomendas

A sexta geração do Corsa

Mediante reconfiguração das versões, a sexta geração do Corsa é apresentada com muitas novidades. Para a eléctrica Corsa-e será necessário esperar por 2020, enquanto as motorizações a gasolina e gasóleo já se encontram disponíveis. Além dos 75 cv são propostas potências de 100 cv, para os turbo a gasolina e gasóleo, enquanto os mais exigentes e nas motorizações a gasolina, podem escolher os 130 cv do GS Line, ou transmissões automáticas de oito relações, disponíveis em qualquer uma das configurações de equipamentos: Edition, Elegance e GS Line.

 

 

Uma nova plataforma e alterações estruturais, contribuem para a conquista de quatro estrelas EuroNCAP

Na maior cota exterior o Corsa ultrapassa os quatro metros de comprimento (4.060 mm) sendo apresentado com uma silhueta mais baixa (- 48 mm). Acontece o mesmo com o acerto da posição de condução, que pode ser reduzida (- 28 mm) quando medida ao nível da anca. No que diz respeito a pesos e nas diversas configurações, os valores rondam os 1.000 kg, chegando aos 980 kg quando analisamos o 1.2 Edition a gasolina de 75 cv proposto a partir de 15.510 €. Com um depósito de combustível de 44 litros e consumos normalizados (WLTP) os Corsa concedem boa autonomia, enquanto as bagageiras registam 309 litros de volumetria.

preço-base

isv

iva

despesas

pvp

iuc

22.410

146,79

Renting  Free to move Lease

Entrada

PrazoKmRevisõesDocsPneusSeguroRenda €
0%48 meses80.000simsimsimsim

314

A qualidade dos materiais e os acabamentos destacam-se no novo Corsa

Com acessos satisfatórios ao habitáculo, o novo Corsa ganhou mais na habitabilidade do que nos acessos. Esta constataçao é imediata logo que nos sentamos ao volante, e o mesmo acontece com a apreciação dos equipamentos de série, qualidade dos materiais e respectiva finalização. Num visor táctil de 10” fomos encontrar os habituais Android Auto e Apple CarPlay que constituem um importante elemento na conectividade deste Opel. Em termos de sobriedade no painel de instrumentos, esta foi mantida, mas quando analisamos os sistemas de apoio à condução, os elementos de segurança activa, e os dispositivos destinados ao conforto e funcionalidade, deparamos com um bom nível de equipamento face ao preço final da versão que conduzimos.

 

Os novos grupos ópticos e a presença da tecnologia “led” concedem melhorias significativas na iluminação

Logo que nos sentamos ao volante, demos conta de que este pode ser aquecido, e o mesmo acontece com os assentos dianteiros, cujo envolvimento é bom sem interferir nos acesso e mobilidade. Para a frente e laterais a visibilidade é boa, embora a colocação do retrovisor interior exija alguma habituação, devida ao avançado posicionamento num bloco onde se encontram comandos de luzes interiores e accionamento de chamada de emergência. Através dos comandos eléctricos é fácil encontrar uma boa posição de condução, devido aos múltiplos ajustes do assento, volante e coluna de direcção.

Depois de premir o botão e já com o Diesel 1.5 a trabalhar, percebemos a eficiência da insonorização e da boa filtragem no tocante a vibrações. Até às 1.500 rpm é notável a suavidade com que se consegue manobrar, ou ir explorando as seis relações da transmissão manual, bem escalonada e com agradável manuseamento. Acima deste regime (1.500 rpm) e sem prestações dignas de destaque, a progressividade das acelerações e reprises vai deixando boa impressão, acontecendo o mesmo com os movimentos do volante. Face aos anteriores modelos, o desempenho das suspensões é mais suave, e quanto aos travões demos conta de uma notável eficácia, em parte devido ao desempenho dinâmico de todo o conjunto (plataforma/suspensões/peso).

Num breve contacto ao volante e num percurso misto (AE+EN+Urbano) obtivémos um consumo de 4,5 l/100 km à média de 37,0 km/h.

Gostámos –Gostámos +
– Colocação do retrovisor interior

– Acesso aos lugares posteriores

– Equipamento de série/segurança activa

– Equilíbrio dinâmico/facilidade de condução

– Consumos combustível/autonomia

– Conforto de rolamento

– Habitabilidade dianteira/modularidade

Características técnicas

Opel Corsa 1.5 Turbo D Elegance
motor4 cil, 1.499 cc, inj dir, SCR+Adblue+ FP
potência kW(cv)/rpm73,6 (100,0)/3.500
binário Nm (kgm)/rpm230,0 (22,5)/1.750
transmissãodianteira, manual com seis relações
jantes – pneus17” – 205/45 R 17

A sexta geração do Corsa