Download PDF

Face às versões com motores convencionais o 190 eléctrico tinha menos 200 kg

Em Maio de 1990 no certame de Hanover-Alemanha e tendo por base um dos sucessos da marca, foi apresentado o 190 (w 201) com motorização eléctrica, na altura configurada em diversas configurações, que chegavam aos 300º de temperatura de trabalho. No ano seguinte e num veículo com menos 200 kg face à solução termodinâmica, a marca apresentou a evolução do protótipo, com dois motores eléctricos de 16 kW (22 cv) na via traseira, e regeneração da energia da travagem. Testado durante um ano e ao longo de 100.000 quilómetros, este 190 foi conduzido em diversas situações. Todavia, naquela altura já se colocavam questões como a manutenção das baterias, autonomia, infra-estrutura de carregamento e até o preço… porquanto se tratava de um ‘protótipo’.

 

O W 201 eléctrico