Download PDF

A crescente procura dos SUV, tem levado as marcas a alargarem as gamas ou melhorarem os modelos, em função das exigências e gostos dos consumidores. Na Mazda e enquanto não chega o CX-4, o actual CX-3 regista melhorias no MY (Model Year 2017) ao mesmo tempo que a “Special Edition” aparece mais apelativa. Em termos de gama, são mantidos os níveis Evolve e Excellence que podem ser complementados, caso a caso, com diferentes pacotes de conteúdos: para quem dá prioridade à segurança, o HS – High Safety inclui, sensores de estacionamento traseiros, LDW – aviso de transposição de faixa de rodagem, sensores de luminosidade/chuva e vidros traseiros escurecidos; para os mais sensíveis à tecnologia, existe o IT – High Technology que inclui, BSM – sistema de monitorização de ângulo morto, HBC – controlo automático de máximos, AFSL – faróis adaptativos, MRCC – acelerador automático com limitador; os que preferem o requinte, têm o PL que inclui, estofos em pele e alcantara e aquecimento nos bancos dianteiros. Existe também a possibilidade de escolher o sistema de navegação.

Preço-base

ISV

IVA

Despesas

PVP

IUC

20.706,98

2.958,82

5.444,24

29.114,84*

143,17

* 29.514,84 com pintura metalizada

Este Special Edition destaca-se pelo equipamento destinado a melhorar a segurança activa e condução defensiva

Decorrente do nível escolhido, com ou sem os conjuntos de equipamento (segurança, tecnologia, requinte ou navegação) e face às escolhas de tracção (4×2 ou 4×4) e transmissão (manual/automática), o leque de preços do Mazda CX-3 2017, inicia-se nos 23.693 euros do 4×2 até aos 34.612 € do Mazda AWD 1.5 Skyactiv Diesel de 105 cv. Como novidade na gama saliente-se a introdução de uma variante denominada “Special Edition”, disponível para a variante de tracção dianteira e transmissão manual de seis relações, a partir do Excellence, que se vê complementado com os seguintes conteúdos: estofos em pele “leather brown”, jantes de 18”, assento do condutor com regulação eléctrica, memória e ADD – Active Driving Display. Esta versão está apenas disponível em 4 cores: Branco Pérola, Preto, Machine Grey e Cinza Ceramic e quanto a preços, o Mazda CX-3 2WD 1.5 SKYACTIV-D (105 cv) Special Edition, com pintura sólida, custará 28.713 euros, ou 29.115 euros se equipado com navegação.

Aos comandos

O GVC conjuga as acelerações longitudinal e lateral para melhor estabilidade, mediante gestão do motor, travões e direcção

Ao entar no CX-3 deparamos com uma boa acessibilidade aos lugares dianteiros que, concedem de imediato, boas sensações no que diz respeito à ergonomia, como se pode constatar pelos acessos aos principais comandos e ajustes, em especial para quem se sentar ao volante. Nos lugares traseiros, tanto os acessos como a habitabilidade, não apresentam tanta generosidade. Aliás, com 350 na bagageira e 1.260 litros de volumetria ,depois de ‘modulados’ os assentos traseiros, o CX-3 regista valores ligeiramente inferiores ao Mazda 3. Este SUV que está próximo dos quatro metros e meio de comprimento (4.275 mm) deixou-nos boas impressões quando colocámos o motor em funcionamento. Bem filtrado em termos de ruído e vibrações, logo nos primeiros quilómetros, tivémos a sensação de disponibilidade do motor, sem que possamos atribuir ênfase, quer às acelerações como nas reprises. Bem escalonada e de fácil manuseamento, a transmissão de seis relações, mostrou-se adequada à ‘gestão’ dos 105 cv. Num breve contacto ao volante, efectuámos consumo de 5,4 l/100 km à média de 56 km/h, obtidos num percurso misto (AE+EN+Urbano). Fácil de conduzir, o CX-3 deixou-nos boas impressões no tocante ao comportamento dinâmico e conforto de rolamento. O bom desempenho das suspensões e travões para isso contribuem. Em termos de visibilidade, esta é boa para a frente e laterais, ainda que a existência de sensores e visualização das manobras de marcha-atrás, sejam uma mais-valia na funcionalidade. Para quem conduz, o conta-rotações aparece em primeiro plano no painel de instrumentos, com a indicação digital da velocidade no quadrante inferior-direito. Em frente, um painel informa sobre a sinalização e velocidade, enquanto alguns comandos (áudio, navegação e informação) estão disponíveis no volante e consola central, com esta última a exigir alguns quilómetros até atingir o conforto de utilização.

Gostámos – Gostámos +
– Habitabilidade traseira – Comportamento dinâmico

– Conforto de rolamento

– Equipamento S. Edition e segurança activa

– Conforto de rolamento (insonorização)

– Economia de combustível

 

Ficha técnica

Mazda CX-3 Skyactiv 1.5 D Special Edition Navi
motor
potência kW(cv)/rpm 77 (105)/4.000
binário Nm(kgm)/rpm 270 (26,8)/1.600-2.500
transmissão manual de seis relações às rodas dianteiras
jantes – pneus 18” –