Download PDF

Mediante apresentação da V 90 CC Volvo Ocean Race, a marca sueca aproveitou para apresentar alguns dos compromissos em matéria de protecção dos passageiros. Criar automóveis que garantam a inexistência de feridos ou fatalidades, é um dos objectivos a curto prazo. Para cumprir com esta ambição, a Volvo conta com um longo historial de desenvolvimento de sistemas de retenção e protecção dos ocupantes. Os cintos de segurança que a marca começou a utilizar em 1959 são disso um exemplo. As estruturas de deformação programada para maior protecção do habitáculo e os “airbags” foram amplamente vulgarizados. Na sequência dos dispositivos de segurança activa e passiva, a Volvo tem vindo a desenvolver sistemas de apoio à condução defensiva. Aqui ficam alguns dos passos que proporcionaram o que temos nos dias de hoje… e algumas imagens da V 90 CC VOR.