Download PDF

Silhueta familiar

Clicar para começar e parar a reprodução das imagensCom a silhueta familiar deste quatro portas, a Toyota volta a dar que falar no segmento dos 1.4 Diesel. No habitáculo, destaque para os materiais e finalização de muito bom nível, em especial se compararmos com outros modelos da gama, que ao longo dos anos foram coexistindo com as 11 gerações do Corolla. Disponível em várias versões e preços, o Corolla destaca-se pela habitabilidade e consumos moderados, numa carroçaria marcada pela modernidade e cinco estrelas EuroNCAP.


Prioridade à segurança

Um dos icónicos modelos da marca japonesa vai na 11ª geração e, apesar do Auris nos ter distraído sobre as declinações da gama nos familiares de quatro portas, não temos dúvidas sobre as potencialidades deste Corolla D4-D de 90 cv. Por um lado, o Diesel continua a ser aliciante e com este conseguimos um consumo médio de 5,5 litros/100 km. Por outro lado, o automóvel de quatro portas, que ultrapassa ligeiramente os quatro metros e meio (4.620 mm) aparece bastante enriquecido, tanto no interior como no exterior, em particular nos sistemas de segurança, dentre os quais encontramos as cinco estrelas EuroNCAP e sete “airbags”. Ainda nos sistemas de segurança, destaque para a conjugação dos ABS+EBD+BA, controlo de tracção e controlo de estabilidade, ao qual está associado o controlo de arranque em subida, agora temporizado para dois segundos.

Cotas superiores

Face ao anterior modelo e do lado de fora, este Corolla está mais comprido (+ 80 mm) mais largo (15 mm) e mais baixo (-5 mm) e com as rodas mais próximas da extremidade da carroçaria, em parte devido ao aumento (+ 100 mm) da plataforma. Os benefícios deste aumento são essencialmente visíveis no interior e nas cotas de habitabilidade.
Na posição de condução, agora mais baixa (- 10 mm) o ajuste em altura passou a 60 mm, o acerto longitudinal aumentou para 260 mm, enquanto na traseira o espaço para as pernas é agora de 706 mm.
O acesso ao interior e a habitabilidade, são dois dos pontos em que este Corolla nos deixou a melhor das impressões. Sem grandes deslumbramentos, o painel é simple e com um aspecto cuidado, tanto ao nível dos materiais empregues, como em termos de finalização, algo de que nos apercebemos em todo o automóvel.

Ao volante

Ao entrar no Corolla percebemos que se recuperaram determinados padrões, tanto em termos de qualidade dos materiais empregues como no rigor da finalização.
Neste quatro portas, gostámos da acessibilidade e habitabilidade concedida em todos os assentos, nos quais gostaríamos de ter encontrado melhor apoio lateral, em especial para quem conduz.
Bem filtrado no tocante a vibrações e insonorização, o Diesel de 90 cv deixou a ideia de estar no ‘ponto’ quando analisamos as capacidades mecânicas deste Toyota D-4D. Com um bom comportamento dinâmico, este Corolla evidencia um bom nível de conforto de rolamento, sendo perceptível o nível de refinamento na condução e manuseamento do selector da transmissão de seis relações, um dos agregados mecânicos, que contribui para o bom desempenho do automóvel.
Na bagageira, este Corolla disponibiliza 452 litros e no tocante a valores (sem despesas), estes começam nos 23.950 € do Active, e vão até aos 27.005 € do Exclusive com transmissão Multi Mode.
Nos opcionais, a pintura metalizada (410 €) e o Toyota Touch with Go (765 €) com este último a revelar uma boa funcionalidade nas diversas utilizações..

Gostámos Mais

  • Qualidade de construção
  • Conforto de rolamento
  • Espaço e habitabilidade
  • Consumos moderados
  • Refinamento na condução

Gostámos Menos

  • Apoio lateral nos assentos
Modelo/Versão Toyota Corolla 1.4 D-4D
Potência 66 kW (90 cv)/3.800 rpm
Binário 205 Nm (20,0 kgm)/1.800~2.800 rpm
Consumos Urb:4,9 Ext-Urb:3,6 Comb:4,1 litros/100 km
CO2 99 ou 108 g/km consoante versão
Médias 5,5 litros/km