Download PDF

FordRanger2016_Limited_64Com preços entre os 29 a 54.000 € a gama Ranger é proposta com 10 versões 4×4 e potências de 160 cv ou 200 cv. Face às variações de cabina, transmissões e quatro configurações (XL, XLT, Limited, Wildtrack) a nossa escolha, permitiu o contacto ao volante da Limited de 160 cv.

A nova Ranger aparece com mais 10 cv obtidos a partir do 2.2 TDCi. Todavia, as principais alterações, concedem uma nova abordagem à condução e versatilidade da cinemática 4×4. Esta pode ser utilizada como um convencional veículo de motor à frente e tracção traseira; permite a abordagem da tracção integral; concede a escolha da tracção integral, conjugada com a redução da velocidade e aumento da motricidade. No interior, o requinte que já conhecemos de outros modelos da marca da oval azul. Acelerador automático adaptativo com assistência para evitar a colisão, avisador de saída da faixa de rodagem, máximos automáticos, visor e câmera auxiliar nas manobras de marcha-atrás, sensores de estacionamento à frente e atrás, protecção do agregados mecânicos da transmissão, Ford Sync 2 e My Key e pintura metalizada, são alguns dos itens que totalizam 2766 €.

Preço-base

ISV

IVA

Despesas

Chave na mão

IUC

27.390,91

6.715,03

7.844,37

935,00

42.885,00

52,00

FordRanger2016_Limited_06

A Limited está muito bem equipada, tanto no habitáculo como para a funcionalidade na condução

A altura ao solo que faz com que esta Ranger seja classe 2, é a mesma que concede boa acessibilidade, melhorada com um patim lateral a todo o comprimento da cabina. Uma vez no interior e para quem se sentar ao volante, os comandos estão bem acessíveis e divididos entre a consola central, painel, volante e visor táctil de 8”. No equipamento, destacamos o ar condicionado com ajuste para cada um dos lados, acelerador automático adaptativo, estofos em couro, assistência ao arranque em subida, ajuste da velocidade de descida, controlos de estabilidade e tracção e start/stop. Como acontece neste tipo de veículos, escasseiam os espaços para arrumos, neste caso aproveitados no porta-luvas, sob banco traseiro e em dois espaços dedicados, enquanto para objectos mais estreitos como o macaco, triângulo de sinalização e colete, se pode aproveitar o espaço atrás do banco traseiro.

FordRanger2016_Wildtrak_61

Muito semelhante à Limited no exterior, a Wildtrack de 200 cv é a variante mais potente da Ranger.

4×4 = 3

Em asfalto é habitual a utilização em 4×2 contando com a tracção traseira. Através de um botão na consola central, é fácil passar a 4×4, sendo esta solução muito útil quando a circular em fora-de-estrada, ou qualquer outra solução em que as perdas de aderência o justifiquem. A posição 4×4 L reduz substancialmente a velocidade, mas aumenta de forma significativa a motricidade. O bloqueio ao diferencial traseiro complementa a panóplia de soluções. Ao volante, cedo percebemos que apesar de algum refinamento, estamos em presença de um ligeiro mais ‘pesado’ do que é habitual. O próprio selector da transmissão é mais duro face aos automóveis de passageiros, e também se percebe que a transmissão trabalha – propositadamente – com alguma folga, para assim garantir a eficácia/fiabilidade da transmissão.

FordRanger2016_Limited_07Melhor nas reprises do que nas acelerações, a Ranger concede bons andamentos a partir do 2.2 TDCi de 160 cv. Todavia, o que mais nos surpreendeu foram os consumos obtidos. Num breve contacto ao volante e à velocidade média de 38 km/h, conseguimos chegar aos 7,9 litros/100 km. Em termos de conforto de rolamento, gostámos em termos globais. No entanto, este tipo de veículo concede alguma dureza na taragem da suspensão traseira. Sendo a Ranger um veículo de mercadorias (que paga 34% de taxas e impostos) a solução é uma carga parcial por forma a mitigar esta característica.

Gostámos –

Gostámos +

– Espaços para arrumos

– Taragem da suspensão posterior

– Versatilidade de utilização 4×2/4×4/4×4 L

– Consumos de combustível

– Equipamento de série/gama de opcionais

– Condução e manobrabilidade

– Visibilidade para o exterior

Ficha técnica

Ford Ranger CD 4×4 Limited

motor

2.2 TDCi (CR+TGV+FP+CO+EGR) Euro V

Potência kW(cv)/rpm

118(160)/3.700

Binário Nm(kgm)/rpm

385(37,8 )1.500-2.500

transmissão

Manual de 6 relações

Jantes e pneus

17” com 265/65 R 17