Download PDF

Para os que se recordam do número de emergência nacional (actual 112) o Pulsar da Nissan, pode ser visto como tal e sem qualquer perversidade. Vejamos então as razões! Do quatro cilindros a gasolina, a marca japonesa consegue retirar 115 cv/4.500 rpm habilmente distribuídos por uma transmissão de seis relações. Para um familiar perto dos quatro metros e meio, a habitabilidade e o conforto de rolamento, são muito agradáveis e só as reprises, nos deixaram a pensar… no Diesel.  Nas acelerações chega a surpreender (10,7 seg 0-100 km/h) enquanto nos consumos, obtivémos à média de 52 km/h uns expressivos 6,8 l/100 km.

Pulsar interior

Espaço, habitabilidade e performances do 1.2 a gasolina, são atributos de que gostámos no Pulsar

Nos números mais importantes, os valores oscilam entre os 18 a 27.000 € contando com equipamentos de série que nos captam a atenção, como o controlo de estabilidade, visão 360º ou detecção de objectos em movimento, entre outros. O Nissan Assistance Portugal e campanhas promocionais, compõem o ramalhete, quando se trata de analisar o novo Pulsar da Nissan 1.2 DIG-T. No modelo que conduzimos, gostaríamos de ter encontrado os sensores de estacionamento, em especial na traseira. As dimensões do automóvel e os ângulos de visibilidade, limitam a visibilidade para trás. Gostámos dos restantes ângulos, incluíndo o de 3/4 traseiro, já que a sair dos estacionamentos e,m espinha, aquela janela de forma triangulada é muito útil.