Download PDF

A presença da Lexus em Sintra, mais precisamente no pólo industrial na Abrunheira, resulta da evolução positiva que a marca tem vindo a registar nestes últimos anos. A referida evolução, verificou-se mediante aumento das vendas, mas também pelo alargamento da gama, à qual se juntaram as versões híbridas. Durante a apresentação do novo espaço, foram enaltecidos alguns ícones da marca japonesa, como o primeiro LS, o “concept” LF1 e os novos RX 450 e LS 500. De acordo com os responsáveis da marca japonesa, nestas duas décadas e sempre com o luxo como universo, passou-se do quantitativo para o qualitativo. Por outras palavras, passou-se de um automóvel luxuoso, para um conjunto de conceitos que concedem o luxo em diversas vertentes. A título de exemplo, o LS 500 sobe 30 mm quando se accionam as portas. E uma vez sentados, os encaixes dos cintos de segurança, avançam 50 mm para facilitar o encaixe. De início pensada para o mercado americano – daí a sigla Luxury EXport to US – a marca japonesa tornou-se global e, além de prometer alargar a gama, ambiciona aumentar as vendas.