Download PDF

A comercialização está agendada para finais deste ano e no tocante a mercados, os alemães visam alguns dos mais competitivos, embora não falem do americano.  Dois dos principais mercados para a nova classe-x, serão o australiano no qual as “pick-up” representam 14,1% de quota de mercado, e o argentino onde as preferências pelas “pick-up” perfazem 11,6% do mercado automóvel. Para os alemães, este é um segmento novo e talvez por isso, continuem a fazer valer a respectiva assinatura de marca: o melhor ou nada. Jantes de 22”, motores V6, entre outras características colocam a ‘X’ entre os modelos performantes e requintados. Apresentação ao público marcada para Geneve dentro de dias.