Download PDF

A dois ou a quatro

Mercedes-Benz E 350 BLUETEC Cabriolet mit Sportpaket, (A 207), 2No renovado Classe E Cabrio basta olhar para a frente e grupos ópticos, para perceber que houve mexidas! Agora existem duas fileiras de “leds” e uma só cobertura para todos os elementos ópticos. Todavia, como já vem sendo hábito na Mercedes-Benz, a sobriedade das mudanças, sobrepõe-se ao enunciar das novidades. É assim com os sistemas de apoio à condução, os dispositivos de segurança activa e passiva, ou com o novo motor a gasolina de injecção directa Euro 6. Em nossa opinião este Cabrio de quatro lugares continua a ser uma boa escolha, embora reconheçamos algumas vantagens para as viagens a dois.


Mercedes-Benz E 350 BLUETEC Cabriolet mit Sportpaket, (A 207), 2

Além do habitual deflector traseiro, o E Cabrio disponibiliza o “aircap” encrustrado em cima do pára.brisas

De uma forma geral os descapotáveis de quatro lugares proporcionam alguma turbulência – inevitável nos Cabrio – em especial para os lugares traseiros. Para reduzir esse efeito, a MB propõe o Aircap encrustrado na travessa superior do pára-brisas, de onde sai acima dos 40 km/h e onde recolhe abaixo dos 15 km/h. Para os mais exigentes em termos de turbulência e que possam abdicar dos dois lugares posteriores, o deflector de vento elimina o que resta, criando um ambiente muito agradável nos lugares dianteiros. Nestes, esquecemos facilmente de que estamos em presença de um Cabrio. Por outras palavras, quase podemos estar a falar de um “roadster” e da ambiência que estes concedem. E a sensação agudiza-se com a aplicação de opcionais como os elementos AMG. É verdade que estes (1.504,07 €) e a transmissão automática de sete relações 7GTronic Plus (2.154,47 €) perfazem uma verba a ter em conta. Mas ao volante, fazem valer cada cêntimo gasto.

Sem interrupções

Mercedes-Benz E 350 BLUETEC Cabriolet mit Sportpaket, (A 207), 2

A injecção directa no gasolina e o refinamento ao volante, são alguns dos argumentos no E Cabrio.

Como atrás referimos, o novo motor a gasolina de injecção directa Blue Direct é uma das novidades deste E Cabrio. Um novo sistema de injecção, a recirculação dos gases de escape, entre outras tecnologias conhecidas dos seis e oito cilindros, estão agora no bloco de quatro cilindros. No entanto, o quatro cilindros que mais nos desperta o interesse é o Diesel de 204 cv, em especial quando podemos disponibilizar da transmissão automática. As reprises e acelerações ocorrem em modo contínuo, e só damos pela passagem de caixa devido à alteração de regime do motor, bem filtrado do habitáculo, tanto em termos de vibrações como de ruído. Outro dos agregados mecânicos que contribui para boas sensações ao volante é a direcção e suspensões Agility Control, ambos a fazerem parte do quipamento série, onde encontramos o sistema de prevenção de colisões (CPA), quatro “airbags” frontais e laterais+quatro laterais e de janela e ainda um outro para os joelhos de quem vai ao volante. O ABS+ASR, o controlo de estabilidade (ESP), o áudio 20 CD, o ar condicionado automático e o acelerador automático com limitador e função speedtronic, complementam uma longa lista de equipamentos de série, num automóvel cujo preço-base começa em pouco mais de 43 mil euros.

Ao volante do 250 CDI

Mercedes-Benz E 350 BLUETEC Cabriolet mit Sportpaket, (A 207), 2

Os três modos de utilização na transmissão automática, concedem agradáveis sensações ao volante

A direcção electromecânica assegura uma resposta directa, e a variação do esforço no volante em função da velocidade. Permite também uma fácil interacção com a assistência activa ao estacionamento, agora disponível neste E Cabrio. Com uma boa qualidade dos materiais empregues e um bom nível de finalização, o interior deste Cabrio disponibiliza o Audio 20 CD com visor de 14,7 cm a cores, e um conjunto de funções dentre as quais se destacam a porta USB, o Bluetooth e mensagens SMS.
Ao volante e apesar de estar equipado com transmissão automática, este Cabrio permite três modos de utilização. Um mais incidente sobre os 204 cv do motor; outro mais orientado para quem pretende usufruir de um Cabrio; e um terceiro com base na actuação manual, conseguida através das patilhas colocadas atrás do volante.
No modo mais desportivo, gostámos do comportamento dinâmico concedido pelo triumvirato entre as suspensões, direcção e cadeia cinemática, em especial para a suavidade das reprises e acelerações. À medida que vamos exigindo mais do motor, as suspensões e a direcção vão-se adaptando aos andamentos, sem perder o nível de conforto de rolamento que está indexado ao Classe E.
No tocante às médias e num breve trajecto, conseguimos chegar aos 7,0 litros/100 km a 52 km/h, valores muito satisfatórios para um automóvel desta dimensão e peso… e performances. E que é bastante silencioso com a capota colocada.

Gostámos Mais

  • Comportamento dinâmico
  • Três modos de condução
  • Segurança activa e passiva
  • Equipamento de série
  • Conforto de rolamento

Gostámos Menos

  • Preços de alguns opcionais
Modelo/Versão Mercedes-Benz E 250 CDI 7GTronic Plus
Potência 150 kW (204 cv)/3.800 rpm
Binário 500 Nm (49,0 kgm)/1.600-1.800 rpm
Consumos Urb: 5,9; Ext-Urb:4,4; Combinado: 4,9 l/100 km
CO2 126-130 g/km
Médias 7,0 l/100 km a 52 km/h
Preço Base 43 376,43 €
ISV 7 435,61 €
IVA 11 616,99 €
Ecotaxa 6,00 €
Documentação 975,61 €
€ chave na mão 65 166,20 €
IUC 227,08 €