Download PDF

O novo Yaris cresceu nas dimensões e daí recolhe os benefícios dinâmicos

Os progenitores, com especial incidência para as mães, são capazes de fazer previsões meteorológicas com horas de antecedência. Por isso, a melhor definição de camisola é a seguinte: é aquilo que o filho veste quando a mãe tem frio.

Nos dias que correm e com a tecnologia à mistura, podemos substituir a camisola pelo Yaris. De uma forma geral, isto significa uma inversão de papéis e, em vez de serem os filhos a seguir os conselhos dos pais, serão os pais a seguir as sugestões dos filhos. Dito por outras palavras, e para que esta troca funcione, é preciso um modelo capaz de ter argumentos que agradem a uns, enquanto a outros, os deixa satisfeitos. O mais recente modelo da marca japonesa, cresceu nas dimensões exteriores e cotas interiores, albergando quatro adultos, com níveis de habitabilidade e conforto muito satisfatórios. Em termos visuais, os Yaris também concedem conjugações de cores nas carroçarias, e tonalidades nos habitáculos. No capítulo da cinemática, existem vários motores, transmissões, travões e dimensões de rodas, que se cruzam com diversos tipos de tectos, equipamentos, sistemas de segurança activa e conectividade. Nos números que interessam a uns e a outros, isto significa que existem Yaris entre os 19.500 e 22.500 €.

preço-base

isv

iva

despesas

pvp

iuc

17.341,81

1.141,93

4.251,26

806,88

23.541,88

133,10

 

 

A solução híbrida é mais eficaz em circuito urbano, em especial no modo EV

Estradista ou citadino

Neste capítulo, o pequeno modelo japonês, tem atributos para agradar aos mais velhos que procurem uma utilização em estrada, enquanto os mais novos, também apreciam o Yaris em percursos citadinos. Em qualquer dos casos, a solução híbrida que conjuga o motor a gasolina com o eléctrico, tem algo que agrada a todos: os consumos de combustível. Num breve contacto ao volante e num percurso misto (AE+EN+Urbano) conseguimos chegar ao consumo de 4,4 litros/100 km, obtidos à média de 38,0 km/h. No tocante aos andamentos deste contacto ao volante, estes foram moderados pelos limites de velocidade, e utilização do sistema CVT de transmissão. Em relação a este último, além das melhorias verificadas, ainda se dá conta do deslizamento da correia que liga os cones do sistema CVT. Em termos práticos, o ruído assemelha-se ao de uma embraiagem a patinar, mas o sistema é mesmo assim. E ao fim de uns quilómetros, a adaptação é muito fácil, sendo cada vez menos perceptível o tal ruído característico dos sistemas CVT – Variação Contínua na Transmissão.

 

 

A possibilidade de visualizar a marcha-atrás é importante em circulação urbana

Um Yaris dois pedais

Com diversos ajustes para quem se sentar ao volante, o Yaris é um automóvel fácil de conduzir. E para quem gostar de avaliar a sua própria condução, existem menus e sub-menus, que traduzem isso mesmo, tanto no tocante aos dados do veículo como da viagem. Com bons acessos ao interior e boas cotas de habitabilidade, o automóvel nipónico concede boa visibilidade para a frente e laterais. Para a traseira, esta é satisfatória, sendo aconselhável a existência de sensores de estacionamento, e melhor do que isso,a existência da visualização da manobra de marcha-atrás. Como atrás referimos, o contacto ao volante, foi parametrizado pelos limites de velocidade e funcionalidade do CVT. Por outras palavras, esta versão do Yaris, não se encontra vocacionada para dar prioridade à performance, mas antes à economia de combustível, que se traduz nos moderados custos de utilização. No entanto, no que diz respeito ao comportamento dinâmico, esta plataforma recolhe as vantagens do Yaris ter uma grande amplitude de soluções cinemáticas. Um desses exemplos está no desempenho das suspensões independentes e travões de disco às quatro rodas. A estes agregados mecânicos, estão associados os controlos de estabilidade e optimização da travagem.

 

Gostámos –

Gostámos +

– visibilidade para a traseira

– Comportamento dinâmico

– Conforto de rolamento

– Economia de combustível

– Equipamento de série/segurança activa

– Acessos e habitabilidade

Características técnicas

Toyota Yaris Hybrid Exclusive + PLuxury

motor

4 cilindros 1.496 cc, VVTi, EGR

potência kW(cv)/rpm

82 (111)/

binário Nm (kgm)/rpm

136 (13,2)/4.400

transmissão

Dianteira, CVT

jantes – pneus

17”